Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Longe da Árvore – Pais, Filhos e a busca da identidade

Tomei conhecimento desta obra através da leitura de outro livro, chamado “O que é que ele tem”, escrito pela cantora Olivia Byington. Ela conta a história nada romantizada da primeira experiência dela como mãe de seu filho mais velho, o João. Aos 22 anos, casada e apaixonada, Olivia aguardava ansiosa pela chegada de seu primogênito, mas o que ela não esperava era ter que lidar com uma criança que não correspondia aos padrões de normalidade. João nasceu com a Síndrome de Apert, uma doença genética rara que pode afetar 1 em até 200 mil nascidos. Em uma entrevista para a Folha de São Paulo, Olivia disse que não foi fácil escrever o livro e que teve que tirar “do fundo do coração sentimentos que nem sempre são bons”. Ao ler o seu relato, percebemos as suas dificuldades em lidar com uma maternidade bastante complicada, mas isso não a impossibilitou de construir o laço afetivo com o filho que nasceu sem corresponder às suas expectativas.
No início de sua narrativa, ela sugere a leitura da obr…

Últimas postagens

Vivências em Biblioterapia – práticas do cuidado através da literatura

Ghost Rider – A Estrada da Cura

Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração.

Assombrações – Dissipando os fantasmas que dirigem as nossas vidas